domingo, 8 de julho de 2018

"As vezes, quando nadamos, tendemos a ficar tão rígidos em nossos movimentos que parece que estamos amarrados. Para nadar bem é preciso apenas soltar, soltar esses nós que estão em cada articulação e nos impedem de movimentar com liberdade e naturalidade. Essas cordas invisíveis que amarram nossas articulações são na verdade nossas tensões, tensões as quais a grande maioria delas nem nos damos conta que existem."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores